Luciana Palma | Abdominoplastia
468
page-template-default,page,page-id-468,page-child,parent-pageid-392,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive
 

Abdominoplastia

Abdominoplastia

A abdominoplastia clássica, conhecida também como dermolipectomia remove uma grande porção de pele e gordura do abdômen superior e inferior, além de reparar e refazer extensamente a parede interna muscular, que em geral esta afetada, ou seja, muito separada (diástase), fator causado comumente por gestações, cirurgias bariátricas, grande perda de peso, estrias, entre outros. Essa cirurgia resulta numa cicatriz bem mais extensa, que vai de uma crista ilíaca à outra (de uma ponta a outra dos quadris) e se refaz a cicatriz umbilical (umbigo). O acúmulo de gordura é um conjunto dos seguintes fatores: excesso de pele e abdome em avental e flacidez da musculatura. A abdominoplastia visa tratar até um abdome em avental grande ou insuficiente.

 

Em casos de muita flacidez da musculatura, chamado de diástase, a abdominoplastia e o único tratamento. A cirurgia resulta em uma cicatriz grande no abdômen inferior, mas escondida. Após uma abdominoplastia, a paciente terá sempre um abdômen plano. Um profissional experiente vai indicar a cirurgia quando as condições, em relação ao peso, estiverem adequadas.

 

Mas o resultado definitivo será proporcional a quanto o paciente engordar depois do procedimento. Muitos pacientes infelizmente engordam de 20 a 30 kg, após a cirurgia e não percebem que engordaram tanto. A forma física deve ser mantida após o resultado final do procedimento cirúrgico. Quem se submete a cirurgia do abdômen e mantem o peso, conquista um resultado excelente com o contorno corporal.

Confira outros Serviços

Cirurgias Plásticas

Cirurgias Reconstrutoras

Procedimentos Estéticos