Luciana Palma | Otoplastia
387
page-template,page-template-full_width,page-template-full_width-php,page,page-id-387,page-child,parent-pageid-321,qode-quick-links-1.0,ajax_fade,page_not_loaded,,qode_grid_1300,footer_responsive_adv,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.1.1,vc_responsive
 

Otoplastia

Otoplastia

A ginecomastia é a retirada da glândula mamária masculina. Cirurgia ainda pouco difundida é a redução de mama para os homens com a correção cirúrgica das glândulas mamárias demasiadamente desenvolvidas ou grandes. A ginecomastia é uma condição em homens de qualquer idade, podendo ser resultado de alterações hormonais, condições de hereditariedade, doença ou utilização de medicações ao longo prazo. A ginecomastia é chamada de mamoplastia redutora, pois o resultado efetivo é a redução do tamanho da mama e melhora do contorno do tórax.
O tecido mamário em excesso pode fazer com que as mamas fiquem flácidas e a aréola alargada, aparentando uma pele escura ao redor do mamilo. Com a ginecomastia, a posição e o tamanho da aréola terá um novo aspecto e a pele em excesso será retirada. As causas do problema são excesso de gordura localizada, excesso de desenvolvimento do tecido glandular, ou um acúmulo de tecido adiposo e glandular.
O excesso de mama em homens gera desconforto emocional, refletindo na vida social masculina. Eles começam a evitar determinadas atividades físicas ao ar livre e com vergonha evitam contato íntimo. A cirurgia de ginecomastia é um procedimento que atende as necessidades do indivíduo para que não tenha mais constrangimento social devido ao tamanho das mamas. Para se submeter ao procedimento cirúrgico é preciso estar fisicamente saudável e com peso normal. Os adolescentes podem fazer a cirurgia, mas é preciso avaliar o desenvolvimento mamário.

Confira outros Serviços

Cirurgias Plásticas

Cirurgias Reconstrutoras

Procedimentos Estéticos